como entender e estimular ações?
julho 28, 2020
o que é e como melhorar a sua?
julho 31, 2020
Show all

o que é e como melhorar a sua?

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

A comunicação empresarial é parte integrante de empresas bem estruturadas e capazes de alcançar públicos com eficácia, alimentando um bom relacionamento com a ajuda do marketing.

Com a chegada das estratégias digitais, a comunicação mudou bastante. Por isso, foi necessário que as companhias adaptassem a forma de falar, desde a linguagem até os canais de disseminação.

Mais do que nunca, o momento atual reforça a importância de se comunicar, não só pela urgência de se posicionar, mas também pela necessidade de fazer isso da forma certa.

Empresas precisam construir uma imagem sólida e garantir que suas marcas estejam protegidas, e isso é possível por meio da comunicação empresarial.

Com um papel decisivo, a comunicação empresarial precisa ser entendida a partir de seus pilares fundamentais. Também é importante saber como exercê-la e conhecer os desafios que são encontrados frequentemente. Este conteúdo abordará o assunto, passando por tópicos como:

Continue a leitura e descubra!

A comunicação empresarial e o que ela traz

A comunicação empresarial pode ser definida como todo esforço que uma empresa faz para se comunicar com o público e manter sua marca relevante e bem avaliada publicamente.

Nessa prática, as companhias atuam de duas formas. Primeiramente a ativa, quando precisam publicar campanhas, emitir comunicados e alcançar o público, parte de sua estratégia de comunicação.

Além disso, a comunicação empresarial também tem a sua vertente passiva, que consiste no desenvolvimento da imagem da companhia.

Esse é um trabalho mais recorrente e contínuo, com um trabalho de posicionamento de marca, construindo um tom de voz e escolhendo os canais de mídia em que manterá contato com o público-alvo.

Ao longo da história, esse trabalho se desenvolveu por diversos métodos e práticas influenciados pelos canais disponíveis em cada recorte histórico.

Não nos é estranho refletir sobre quando essas principais plataformas eram os veículos de comunicação mais tradicionais, como a TV, o rádio, o impresso e o jornal.

Além disso, a mídia impressa em outdoors e banners também teve seu impacto, dividindo espaço com outros recursos antigos, como a mala direta via correio.

Por mais que algumas dessas estratégias pareçam antigas e ultrapassadas, analisá-las é interessante para entender como elas influenciaram a nova era, a digital.

A comunicação empresarial na transformação digital

Qualquer discussão sobre a comunicação empresarial precisa traçar um comparativo com o que era praticado em outras épocas. O conceito, em si, mudou pouco, já que a proposta ainda é construir e preservar a imagem das marcas, além de garantir que elas se comuniquem com o público-alvo.

No entanto, as práticas mudaram bastante, e isso precisa ser entendido. Hoje, a tecnologia digital permite que as empresas sejam mais acessíveis à sua audiência, graças aos canais desse ambiente, como as redes sociais, e o dinamismo que eles permitem.

Antes, interagir com uma empresa era possível por carta. Depois, passou a ser por email, mas hoje, um simples comentário em uma postagem pode render uma resposta de um representante da marca.

Essa rapidez de retorno e maior proximidade gerou no consumidor a sensação de que ele hoje é mais do que simplesmente alguém que compra daquela marca.

A comunicação empresarial precisa enxergar o público-alvo como pessoas que querem ser vistas em suas individualidades, por meio de suas preferências e, principalmente, como parte daquela marca e de suas ideias.

A mudança dessa forma como o consumidor se enxerga na relação com as empresas fez com que as marcas mudassem suas abordagens.

É preciso estar mais próximo do público, permitir que ele tenha espaço no cotidiano da marca e, principalmente, possibilitar interações humanizadas. Tudo isso, é claro, com o dinamismo e a agilidade que já é comum à era digital.

Mudanças rápidas e novas percepções

Novas estratégias de marketing surgem constantemente e grandes empresas estão investindo cada vez mais em inovação na publicidade.

A realidade é que a comunicação empresarial muda cada vez mais e em intervalos de tempo incrivelmente curtos. O funcionamento dos canais muda constantemente, e isso também influencia a forma como as estratégias são desenvolvidas.

Um bom exemplo são os algoritmos do Google, que estão em constante alteração para posicionar melhor na web as páginas mais qualificadas. Isso garante que os usuários encontrem resultados mais precisos e adequados às suas intenções.

Consequentemente, se os algoritmos mudam, as empresas querem seguir essas alterações para continuar posicionando seus conteúdos da melhor forma na web. Essas mudanças podem gerar novas práticas, adaptações nas estratégias e o surgimento de técnicas inovadoras.

As tecnologias e os métodos de comunicação empresarial mudam rapidamente, principalmente porque são influenciados por dois fatores principais:

  • as tecnologias disponíveis para potencializar o marketing e a publicidade;
  • o comportamento e os desejos do consumidor, que mudam de acordo com os novos recursos e as possibilidades oferecidas.

Diferentes públicos e audiências

Ninguém fala com uma criança, um jovem, um motorista de ônibus, um empresário e um político do mesmo jeito.

Na maioria das vezes, é comum adaptar o nosso jeito de agir e de nos comunicar de acordo com a pessoa com quem falamos e o contexto da conversa. Na comunicação empresarial, acontece o mesmo.

Organizações precisam lidar com públicos diferentes, como seus próprios funcionários, o pessoal da alta direção, os sócios, os clientes, entre outros.

Se antigamente a mais impactante forma de comunicação era uma propaganda na TV, hoje talvez não seja assim. Primeiramente pela força que outros canais ganharam e, além disso, pelo fato de que talvez sua audiência não esteja na TV.

Por mais que seja possível escolher o canal, o horário e a programação com a qual sua publicidade estará relacionada, há outras formas de segmentação ainda mais eficientes.

A web permite isso por meio do Facebook, do Instagram, do Twitter e de outras plataformas, mas o importante é saber em qual desses canais sua audiência está, para então alcançá-la com a precisão necessária.

Comunicação empresarial e organizacional

Um dos pontos que precisam ser esclarecidos é a dúvida sobre as diferenças entre comunicação empresarial e comunicação organizacional. Por mais que muitos tratem os dois conceitos como sinônimos, eles são diferentes, ainda que por questões mínimas.

A comunicação empresarial, como vimos, é específica para as empresas, ou seja, instituições que visam ao lucro. Já a comunicação organizacional pode incluir outros tipos, como ONGs, associações, entre outras.

Há grande diferença nas práticas e nos objetivos, especialmente porque, quando se trata de empresas, o público em questão é colocado como consumidor. Isso exige posturas diferentes, estratégias específicas e uma série de outras particularidades.

Os objetivos da comunicação empresarial

A comunicação empresarial tem objetivos claros no seu desenvolvimento. Companhias precisam se manter capazes de alcançar pessoas e criar marcas sólidas, e esses pontos fazem parte de um trabalho amplo que direciona os esforços quando tratamos desse conceito.

A seguir, entenda melhor os principais objetivos e o que eles propõem às empresas.

Alcançar brand awareness

Como alcançar seu público-alvo e fazer com que ele conheça a sua empresa? As estratégias de Marketing Digital são a melhor forma de construir a imagem de uma empresa e, na continuidade desse trabalho, ampliar o alcance dela.

O conjunto de esforços que possibilita essas conquistas é parte integrante da rotina de esforços da comunicação empresarial. Toda marca está constantemente trabalhando para que as pessoas a reconheçam como uma empresa relevante.

O resultado desses esforços possibilita que o público faça uma associação, quase que automática, de produtos, ou categorias de produtos, a marcas específicas. Brand awareness é uma necessidade essencial que a comunicação empresarial atende.

Manter um relacionamento saudável com os colaboradores

Uma pesquisa da empresa People, especialista em soluções de RH, apontou que 90% dos executivos em cargos de liderança acreditam que o engajamento dos colaboradores é um ponto essencial no sucesso das empresas.

Além disso, para manter funcionários satisfeitos é necessário saber como se comunicar com eles, garantindo transparência e objetividade.

Parte do trabalho de comunicação empresarial consiste em garantir que os colaboradores estejam alinhados com as lideranças, fortalecendo uma relação de confiança. Para isso, uma comunicação interna precisa garantir:

  • canais de comunicação de amplo acesso por parte do colaborador;
  • transparência quanto a decisões, exigências e processos, evitando a famosa “rádio peão”;
  • tom de voz que transmita segurança e tranquilidade ao colaborador;
  • oferta de feedbacks claros e precisos;
  • campanhas de motivação e engajamento em relação a objetivos, estratégias, projetos especiais, entre outros.

Desenvolver a imagem da empresa

Empresas levam anos para construir suas imagens, mas podem arranhá-las do dia para a noite. Por conta desse risco iminente, é importante trabalhar constantemente para criar uma boa percepção em relação à empresa, garantindo também que essa imagem se mantenha intacta.

Esse é um dos grandes desafios que a comunicação empresarial impõe, devendo ser encarado como projeto de longo prazo. Desenvolver a imagem, por mais que demore, é um trabalho essencial, que garante que a companhia se mantenha relevante para o público.

Parte desse trabalho é garantir também que a marca não tenha seu nome associado a qualquer fato que a coloque em xeque. Até mesmo quando isso acontece, um bom trabalho de gestão de crise é essencial para minimizar ao máximo as consequências.

Alcançar a audiência no lugar certo

Onde está seu público-alvo? Esse é um questionamento crucial, que garante que a empresa saiba exatamente onde sua audiência está, ou seja, em quais canais essas pessoas estão consumindo conteúdo, buscando atendimento e, principalmente interagindo.

Um bom trabalho de comunicação, primeiramente, entende onde a audiência está, para depois planejar ações nesses canais. O início ideal é a definição da persona. Com esse modelo de consumidor médio, é possível entender seus hábitos, costumes e expectativas principais.

Em meio a esse entendimento, há também esforços para mensurar interações e participações nos diversos canais, possibilitando entender quais são os favoritos.

Por fim, o trabalho fica mais fácil, já que a empresa sabe exatamente qual canal recebe mais a audiência e como ela se comporta por lá. Dessa forma, basta explorar ações e estratégias focadas nessas plataformas.

Os 3 pilares fundamentais da comunicação empresarial

Até aqui você deve ter percebido que a comunicação empresarial tem diversas frentes principais, certo?

Do trabalho interno até a construção da reputação da marca, cada uma dessas etapas é essencial. Elas formam, quando executadas em conjunto e integradas, a estrutura básica para uma comunicação empresarial de qualidade e completa.

Há, basicamente, três pilares fundamentais que sustentam as atividades de comunicação em empresas: o gerenciamento de comunicação, a comunicação de marketing e a comunicação organizacional.

A seguir, entenda o que cada uma delas propõe, como elas funcionam e qual é a relevância delas para a comunicação empresarial.

Gerenciamento de comunicação

O gerenciamento de comunicação pode ser definido como o trabalho que especialistas desenvolvem para garantir que a missão e a visão, além dos valores, sejam transmitidos na comunicação externa.

Por isso, trata-se de uma atuação estratégica que faz essa ponte entre o interno e o externo, trabalhando na construção e na manutenção da imagem da empresa no mercado e diante do público.

Comunicação de marketing

É a parte da comunicação que trata das estratégias de marketing, como o email marketing e o Marketing de Conteúdo, entre outras. Para isso, há a elaboração da persona e um estudo para entender melhor a audiência.

Esse pilar é essencial porque o marketing é a parte da comunicação que garante o alcance das pessoas e a construção de uma imagem ativa. Só assim as empresas seguem relevantes e capazes de se manterem fortes no mercado.

Comunicação organizacional

Conduzida por profissionais de relações públicas, a comunicação organizacional é voltada para o desenvolvimento da imagem e do posicionamento da companhia diante de investidores, stakeholders e colaboradores.

Os caminhos para melhorar essa comunicação

Por mais que as companhias já estejam trabalhando adequadamente em seus princípios de comunicação empresarial, melhorar precisa ser um objetivo. Otimizar a forma como a estratégia é executada é essencial, e isso deve ser feito pelos melhores caminhos possíveis.

Confira quais são eles.

Observe e detecte o comportamento do público-alvo

O público-alvo tem impacto direto na forma como a empresa conduz a sua comunicação externa.

É fundamental alcançar essas pessoas e trabalhar com estratégias capazes de gerar nelas o engajamento necessário para construir marcas fortes, conhecidas e bem avaliadas. Por isso, é fundamental conhecer o público a fundo para saber como se comunicar com ele.

Identifique possíveis problemas de comunicação interna

A comunicação interna não pode falhar, a fim de evitar ruídos, a insatisfação do colaborador e um clima organizacional ruim. É fundamental revisar os processos de comunicação interna frequentemente para detectar qualquer problema.

A melhoria constante nas práticas internas garante uma empresa sólida, equilibrada e com funcionários engajados.

Trabalhe em comunicação com stakeholders

Stakeholders também precisam ser considerados nessa comunicação, já que são pessoas decisivas para o futuro da empresa, devendo estar envolvidos em tudo que acharem conveniente.

A comunicação interna deve prever a inclusão dessas pessoas, garantindo transparência suficiente para que haja uma relação confiável.

Invista em Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia por meio da qual as empresas podem se colocar como especialistas em assuntos que dominam.

Como? Criando conteúdos como blog posts, ebooks e materiais educativos sobre esses temas. É uma ótima forma de captar audiência e preparar essas pessoas durante um ciclo, até que elas estejam prontas para consumir.

Revise os valores da sua empresa

Qual foi a última vez que sua empresa fez uma revisão dos valores que ela segue e dissemina?

É essencial rever essas informações, uma vez que a sociedade muda, e as empresas precisam seguir esse movimento para se manterem relevantes, respeitadas e engajadas com temas importantes. Os valores devem ser transmitidos pela comunicação, por isso eles devem ser sólidos e atuais.

Abra espaço para a interação com o público

A interação é uma das maneiras mais valiosas de se manter relevante no mundo atual, em que o digital é a principal plataforma de contato entre companhias e consumidores.

A comunicação, durante muito tempo, foi uma relação entre emissor e receptor, mas isso mudou. Hoje, empresas que interagem e dão voz ao consumidor conseguem mais engajamento e respeito.

Monitore os resultados da comunicação

Toda estratégia deve ser mensurada, principalmente em comunicação. Como saber se a sua empresa está indo pelo caminho certo se ela não checa os resultados?

Especialmente hoje, em que o digital é o ambiente principal para o marketing e a publicidade, mensurar é cada vez mais fácil e, principalmente, importante.

No geral, essa mensuração pode ser feita por:

  • métricas de campanha digital;
  • métricas de acesso em redes sociais e sites;
  • métricas de interação, compartilhamento e reações em redes sociais;
  • pesquisas de satisfação do cliente;
  • pesquisas internas com colaboradores;
  • monitoramento das campanhas de marketing por meio de KPIs.

Os maiores desafios da comunicação empresarial e como superá-los

Não importa o quanto sua empresa está disposta a otimizar a comunicação empresarial e o quanto ela está pronta para isso; os problemas sempre vão aparecer.

São empecilhos, dificuldades e ruídos que surgirão como desafios, mas que podem ser superados com a abordagem certa. Descubra quais são os principais e de que maneira eles devem ser encarados!

Lideranças em diferentes estilos

Lideranças não precisam seguir um modelo básico, por mais que o senso comum nos leve a crer nisso. Um líder introspectivo não é menos qualificado que um extrovertido e bom comunicador, mas é importante que ambos saibam como colocar seus estilos da maneira certa.

Saber reconhecer esses diferentes tipos ajuda a empresa a ter pessoas qualificadas em cargos de liderança, de modo que elas saibam como exercer esses cargos respeitando seus estilos e sendo respeitadas. Isso permite uma comunicação interna de ponta e sem falhas.

Conflitos de perspectivas

As lideranças também têm diferentes perspectivas, muito influenciadas por suas experiências pessoais e profissionais distintas. Essas diferenças podem ser muito positivas, desde que haja um intercâmbio em prol do desenvolvimento da empresa.

É fundamental que as pessoas tomem decisões relacionadas à comunicação considerando diferentes perspectivas. Assim, será possível alcançar qualquer público desejado com eficácia, por meio de uma comunicação capacitada.

Humanizar relações e comunicação

É um erro grave a empresa ver seus colaboradores como empregados que devem apenas acatar ordens. Entre as várias consequências disso, a comunicação inadequada é uma delas, com uma certa negligência de manter a transparência e uma relação de confiança.

É essencial humanizar os funcionários e entender que eles são parte de tudo que a empresa faz. Por isso, é fundamental ter clareza, objetividade e transparência com eles, para que se sintam realmente parte decisiva do trabalho.

Inconsistência entre comunicação interna e externa

Empresas não podem diferenciar a comunicação, agindo de uma forma internamente e, externamente, mudando completamente sua postura. Além de falta de ética, essa é uma estratégia falha que, cedo ou tarde, impactará a imagem da companhia.

Essa diferenciação pode gerar colaboradores insatisfeitos, assim como também pode, em algum momento, ser exposta publicamente. Uma vez que isso acontece, o público percebe que aquela companhia não é exatamente o que prega o tempo todo, o que pode afetar muito a reputação da marca.

Encontrar o tom de voz correto na comunicação

Pode ser um desafio encontrar o tom de voz mais adequado, mas fazer isso é de grande importância. As empresas querem, cada vez mais, se posicionar com maior leveza, usando de humor e descontração para se manterem mais próximas do público.

Entretanto, é preciso saber em qual segmento é possível ser assim e, principalmente, quando deixar o tom mais leve. Muitas companhias pecam ao deixar esse equilíbrio de lado, expondo que há, claramente, dificuldade em manter uma identidade que funcione bem sempre.

O case de sucesso que mostrou o poder da comunicação empresarial

Empresas que não estão preparadas para uma crise não sabem quando sair de uma quando ela acontece. Essa é uma realidade cruel que pode ser decisiva para a continuidade do negócio, até mesmo quando falamos de empresas de grande porte.

Uma delas é a Domino’s, uma franquia de pizzarias conhecida no mundo todo e que hoje é uma referência no mercado. Dá para imaginar que um dia uma empresa tão sólida já se viu com problemas sérios que exigiram um reposicionamento?

Mais exatamente em 2009, a empresa iniciou seu processo de reestruturação, usando a comunicação e o marketing como grandes ferramentas, aliadas à melhora no principal ponto de reclamação: a qualidade das pizzas.

De forma inovadora, a marca abriu o jogo e mostrou ao mundo que passava por um momento conturbado, praticamente admitindo que a qualidade do seu produto já não era mais o mesmo.

A partir dali, a empresa desenvolveu uma campanha mostrando como foi o processo, desde receber e analisar a crítica dos consumidores até trabalhar nas melhorias para a retomada necessária.

Hoje, a Domino’s é uma empresa conhecida não só pela qualidade do seu produto, mas também por investir milhões em comunicação e marketing.

Com uma postura inovadora e próxima ao público, não há dúvidas que ela é um case de sucesso de como a comunicação empresarial pode tanto construir marcas sólidas quanto ajudá-las em momentos difíceis.

Uma empresa que está pronta para se posicionar da maneira certa, cuidar de sua imagem, alcançar o público-alvo e se manter bem estruturada internamente sabe o valor da comunicação empresarial.

Aplicar boas práticas e entender os objetivos dessa estratégia é fundamental para alcançar os melhores resultados e ter sucesso no longo prazo.

Gostou de se informar sobre esse tema? Agora aproveite e confira nosso guia sobre comunicação e RP na era dos dados!



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda

Os comentários estão encerrados.